Na Tribuna, representantes da Apae falam sobre o Agosto Laranja
Mês é dedicado a atividades de conscientização e prevenção às deficiências, sejam elas físicas, visuais, intelectuais, auditivas ou múltiplas, de caráter transitório ou permanente
por Redação 06/08/2019 às 14:22

Na sessão ordinária de quinta-feira, dia 1º, a assistente social da Apae de Indaial, Angel Pawlack, e a modelo e ex-vereadora jovem representante da Apae, Jussara Bernardo, usaram o espaço da Tribuna para divulgar as ações do Agosto Laranja. O mês, conforme a assistente social, é dedicado a atividades de conscientização e prevenção às deficiências, sejam elas físicas, visuais, intelectuais, auditivas ou múltiplas, de caráter transitório ou permanente. 

Ainda segundo Pawlack, o Agosto Laranja integra o Projeto Prevenir, desenvolvido pela Apae de Indaial desde 2014, com o objetivo de fomentar estratégias de ação na saúde, na educação, e na assistência social, a fim de prevenir e atenuar os índices de deficiência existentes. “Por três anos consecutivos o Projeto Prevenir da Apae de Indaial recebeu o título de segundo melhor projeto de prevenção de deficiências de Santa Catarina”, ressaltou.

Concluindo o pronunciamento, a ex-vereadora jovem Jussara Bernardo convidou a população para participar das ações do Agosto Laranja, que ocorrem no decorrer do mês, em diversos pontos da cidade. 

Abono Salarial

O abono salarial no valor de R$ 70,00, concedido aos servidores efetivos ativos do município de Indaial, também foi assunto na Tribuna Livre. Segundo Márcia Cipriani, representante dos servidores públicos municipais aposentados, os abonos sempre foram concedidos a todos os servidores, incluindo os inativos.


Ela destacou que o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Indaial (Sinserpi) propôs, neste ano, aumento salarial real aos servidores, visando a ampliar o piso salarial, que é menor se comparado a servidores de outras prefeituras da região. No entanto, o Poder Executivo decidiu pela concessão de abono, beneficiando apenas os servidores ativos. 

Cipriani solicitou apoio da Casa Legislativa e sensibilização do Poder Executivo para estender o benefício aos inativos, como forma de “minimizar a perda salarial destes trabalhadores que tanto fizeram pelo município de Indaial”. 

Assuntos: Geral