Plenário aprova a campanha Setembro Amarelo
O mês é dedicado à Prevenção do Suicídio e à Valorização da Vida
por Redação 30/09/2019 às 10:08 Atualizado em 30/09/2019 às 10:12

Os vereadores aprovaram, na sexta-feira (27), o projeto de lei que institui o Setembro Amarelo, mês dedicado à Prevenção do Suicídio e à Valorização da Vida, no calendário de eventos do município. Conforme a proposta, o objetivo é promover o debate, a reflexão e a conscientização sobre o tema na sociedade indaialense, dignificando a vida em reação ao suicídio e a seus fatores condicionantes e determinantes. 

Na justificativa, a vereadora Ana Paula Reiter, autora do projeto, apresenta dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), destacando que 90% dos suicídios podem ser evitados. “Desta forma, revela-se a importância de discutir o tema, tendo em vista que uma das estratégias mais eficazes para combater o suicídio é o diálogo, o qual abre chances para que a possível vítima receba o tratamento adequado”, argumenta.   

Ainda segundo o projeto, o Mês de Prevenção ao Suicídio e de Valorização da Vida tem como diretrizes alertar a população sobre como identificar possíveis práticas suicidas, utilizando veículos de comunicação; promover o encontro com especialistas na área para debater o assunto; e elaborar e distribuir cartilhas didáticas para órgãos públicos municipais, capacitando seus servidores para lidar com pessoas que tenham pensamentos suicidas.   

A proposta segue agora para a sanção do prefeito André Moser, para ser transformada em lei. 

Assuntos: Geral